quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Amo

Quando por volta das 23:30, 24 horas vou dar o leitinho ao S., ele segura no biberão, enquanto bebe o leite eu mudo-lhe a fralda e no final do leite ele estica os braços, e diz as palavras mais declaradas das 24horas, "Já está!" Eu agarro no biberão, e enquanto me baixo para lhe dar o último beijo ele põe-se de lado, todo enroladinho e dorme. Amo este meu filho :))






(Foto tirada com 6 meses)

terça-feira, 29 de novembro de 2011

Gostava





De olhar o infinito e não pensar...

É mau muito mau!

(E desde dia 9 de Novembro que não lhe falo, nem tenciono!!!!!)

Já tinha dito mais a baixo o que me saiu na rifa, e claro que as discussões cá em casa por causa dela vão continuar. Então se eu vou para casa da minha Mãe 4 D-I-A-S, sim que já não vou lá desde 23 de Outubro, a senhora quer passar 1 dia inteiro com o meu neto! O N. já sabe que não sou da opinião de o S. faltar à creche.

Em tempos, o N. disse-me que a Mãe queria passar 1 dia por semana com o neto. Eu disse que sim senhora, podia ser ou sábado ou Domingo. A senhora quer estar com o neto, mas durante a semana! Pois, então nada feito! Eu não gosto de quebrar rotinas do meu filho, e não o vou fazer por causa desta senhora, que já me disse que eu não sou da família! Na escolinha fazem trabalhos, e quero que ele esteja lá, quero que acompanhe e que leve a escola a sério, à escola só se falta por motivos de doença. Ou porque esporadicamente, estou de baixa ou férias, e tendo em conta que passo de mês a mês 1 fds no Norte, sempre que posso passar 3 ou 4 dias em família, ele falta, mas isso pode acontecer 2 vezes por ano.

Tendo em conta que a senhora está com o neto 1 vez por semana, vou tentar fazer contas e passar lá uma semana inteira no Norte!


domingo, 27 de novembro de 2011

Fado já é Património Imaterial da Humanidade




Um orgulho portanto!

Dos antibióticos

Sabemos que nos faz terrivelmente mal quando ficamos com a zona, lá para os lados da esofago, toda a arder, porque temos o terrível habito de não beber água quando temos que tomar medicação. Foi a primeira vez que isto me aconteceu, de o medicamento ficar ali preso, e como foi durante a noite, foi engolir e deitar. Quando acordo, senti que o antibiótico ficou a meio do caminho... Ai a minha vida... Não bastava ter isto(entenda-se partes baixas e pontos) tudo infeccionado, como agora ainda tenho uma zona a arder, olha como a Luz...

sábado, 26 de novembro de 2011

Há coisas que não entendo.

O N. está com uma tosse descomunal. Mas seja inverno ou verão, os liquidos ingeridos aqui pelo marido vem directos do frigorífico, ou até mesmo colocados no congelador 1 hora antes de jantar. E depois queixa-se...pudera...

Eu raramento bebo bebidas frescas. E isto faz-me uma confusão!!!!

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

Balões

A mais recente descoberta do patinho cá de casa. Ele adora-os, anda com os balões para todo o lado, é a jantar, é a brincar de um lado para o outro, é no banho.

A mamã reza para que nenhum dos balões rebente e lhe provoca um susto tremendo!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

:(



E hoje eu só queria imaginar que todos os bebés/crianças são pessoas saudaveis, e felizes. Mas os "Gustavos" existem, e deixam-me de rastos. Bebés e crianças NÃO! Ver aquela família em lágrimas na televisão deixou-me sem chão...

Hoje o meu bebé no berço chorava e esperneava, e eu já não aguentava não o pegar ao colo, peguei, 10segundos, só para o sentir mais perto e poder dar-lhe um mimo e um abraço, hoje particularmente precisava abraça-lo, senti-lo mais perto de mim, estas situações fazem-nos querer mima-los e ama-los ainda mais, agora, com estas dores...  só espero não ter estragado nada!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Correu bem!

Correu bem a cirurgia! Diz a médica que estou com um pipi novo a estrear. Não sei se a ideia me agrada, porque eu só queria ficar como antes. Mas agora é aguardar para ver.

Se soubesse que me ia dar epidural, acho que tinha desistido da cirurgia. Não sentir as pernas é um verdadeiro pesadelo. Sempre falamos em anestesia geral, não queria de todo epidural. Quando vou para o bloco, estavam eles a dizer, a e tal, "vamos dar epidural", e eu, "mas então e que tal porem-me primeiro a dormir, e depois sentam-me e dão a milagrosa epidural, pode ser?" Eles disseram que não, mas o que é certo é que nem me lembro de a levar. Lembro-me de a meio acordar e sentir a médica com a mão a mexer lá por dentro, de perguntar se estava tudo bem e estava aterrorizada, porque embora não tivesse qualquer tipo de dor, a impressão que me fez, pedi "ponham-me a dormir" e de suspirar. Adormeci novamente, Acordei no recobro, a bater os dentes, a pedir para me cobrirem que estava gelada. Fui para o quarto e pedi para me darem outro cobertor, para ligarem o ar condicionado no máximo que continuava gelada.

Na Clínica Santo António na Reboleira foi tudo maravilhoso, desde as instalações, a privacidade, e desde as auxiliares às enfermeiras, que são umas queridas. Adorei! Por isso recomendo vivamente. Já estive no Hospital da Luz, e Cuf´s a visitar familiares, e a privacidade dos quartos não tem nada a ver. Na Clisa tem sala de entrada com sofas e televisão, o wc fica entre a sala e o quarto. O meu quarto tinha varanda, o que permitia que fosse fumar sempre que me apetecesse. Adorei tudo!

O que custa agora, é ter o meu filho a pedir colinho e não poder dar. Ou melhor dou, o meu pai pega nele e eu faço de conta que pego enquanto o encho de beijos.

Ele está lindo e maravilhoso, sempre que chega a casa da escolinha diz logo Oua dá gargalhadas maravilhosas. Ò filho maravilhoso! O N., está a ser um SUPER-PAI! Um obrigada a ele :)

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Noticia de última hora,

Acabadinha de saber, sim, porque só a mim é que me acontecem destas coisas... Então recebo agora a chamada da doutora a dizer que é amanhã às 14h, passei o dia a ligar-lhe, telemóvel sempre desligado, a esta hora já ponderava ir trabalhar amanhã, porque já nem sabia se a cirurgia ia acontecer, até que finalmente me diz que vou ser internada às 12h e cirurgia às 14h. Toda uma logistica a ser remarcada, afinal o pai já vem no autocarro das 13h, para chegar ao oeste às 18:30, a mana já pode fazer as malas e vem passar o fds cá a casa para ajudar o N. com o S.. O papi vai ficar uns dias, semana ou semanas, até ficar recuperada. Sim porque desta vez não mexo uma palha!

Até à minha volta. :)

terça-feira, 1 de novembro de 2011

E eu adorei o texto Estou Aqui

Ao ler este texto no blog As maravilhas do casamento e da maternidade da autora Ana C. fiquei arrepiada, porque tb é exactamente isto que eu sinto:

"Toco no teu rosto fresquinho e encosto o nariz na curva do teu pescoço. A tua pequena mão bate no redondo do meu ombro e dizes-me desse forma que gostas do meu colo, que estás onde deves estar naquele instante de pequena carência.
Queres depois descer até ao chão e correr. Não olhas para trás, para mim. A importância que me deste há pouco, fugiu contigo e com os teus minúsculos sapatos que correm à velocidade da tua alegria.
Alargo os meus passos e sigo-te de perto, mas distante. O suficiente para poder acorrer se precisares de mim. Não sabes que te sigo e continuas veloz na tua corrida pelo mundo. Queres reter tudo nas mãos, nos olhos, na palma dos pés. Sorris a desconhecidos. Eu não importo já. Nada atrás de ti te chama. És curioso e destemido e eu penso que não te comando. Por muito que queira manter ligados a ti os meus invisíveis fios de amor, não te comando.
Depois paras e olhas por cima do ombro. Ali estou eu, a tua guardiã silenciosa. Sorris. Confirmas-me e voltas a correr em direcção ao mundo.
Digo-te em voz só minha, sem que me entendas, ou escutes: Estou aqui, bebé. Estarei aqui, às vezes parece que sempre estive. É aqui que te pertenço. É aqui que tudo faz sentido."