segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Pequinês Pincel

Este é o mais recente membro cá de casa, só para que conste no registo :) E é lindo que só, aquele focinho achatado derrete-me! E arranjei um grande pincel com o maridão! Temos pena, com o tempo ele habitua-se! Espero!!!

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Do aaa a aa aaa a aa.

Passou finalmente a cantar os parabéns. Começou ontem a cantar logo pela manhã assim que avistou uma vela no meu quarto. "Parabéns a voxe, neta data ueida, muitass.... muitos anos de vida. Hoxe é dia de festa..." Acho que cá por casa temos um sopinha de massa...lol

Fala cada vez mais, quer fazer TUDO sozinho incluindo cozinhar! E depois diz umas coisas tão engraçadas que é impossível resistir. "Mamã poxo sê eu a faxer a papinha? Tá bem? Mamã poxo sê eu a lavai o dente? Tá bem?, etc..."

Este "tá bem" no fim das frases mata-me! Assim como o ainda, fa fa voli, o conlixença, o Ôbigado. Que fase maravilhos! Não me canso de repetir!!!

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Gostei da conversa do fds

Gostei mesmo! E se lhe pedimos para vir para a nossa beira morar à 1 ano e ela disse que nem pensar, porque 30km é muito longe,depois da "nossa" conversa ela ficou de ponderar. Gosto disto!

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Há coisas que me fazem comichão!

Uma pessoa que se esquece rapidamente que já esteve do outro lado. Já dizia a minha avó, não peças a quem pediu! Enfim... Já estava para escrever à muito tempo, mas calhou hoje!

domingo, 21 de outubro de 2012

Fazes hoje dois anos! (ou ontem quando deveria ter sido publicado)

Deixo-te estas palavras filho, para daqui a 20 anos quando as fores ler, saberes exactamente aquilo que eu penso aqui e agora, no atelier na garagem cá de casa, depois de me deitar às 3 da manhã para que toda a tua festa fosse perfeita e personalizada!

E eu lembro-me de todo o percurso até chegares aos meus braços. A esta hora já estava internada a espera que a Hora chegasse, queria-te conhecer, queria-te ter-te nos meus braços e queria conhecer a cara que imaginei ao longo dos 9 meses. Eras e és lindo! Superaste todas as expectativas!

Foi tudo tão difícil filho, foi uma mistura de sentimentos tão grande. Não te amei no momento em que te conheci e não te acolhi como uma Mãe acolhe um filho. E essa magoa carregarei até ao fim dos meus dias. Custou tanto, foi tanto sofrimento para te ter, mas valeu a pena! Valeu tanto a pena! Valeu a pena ter sofrido, valeu a pena todas as lágrimas que chorei!

Hoje fazes dois anos filho, e estás tão crescido! Tenho tanto orgulho quando olho para ti e sinto-me realizada como Mãe.

Gosto tanto das nossas conversas no carro, quando fazemos o percurso para a escola, e ao longo daqueles 15km, falamos da nossa vida, eu explico-te que não gosto de resmungar contigo, mas tu me obrigas, que eu tenho que te dar educação, e tu sempre tão atento ao que nós dizemos. Mesmo qe entre a 100 e saia a 200km/h, mas pronto, ouves-me! E dançamos, dançamos tanto filho que te vejo uma criança feliz! Quando te pergunto se queres ouvir a Maria ou o Vasco, e tu me respondes com a tua vozinha doce e meiga "o Vato" eu fico com um sorriso de felicidade por ver que o teu percurso é normal, que infelizmente tantas mães não passam por isto. E é isso que agradeço a Deus, o facto de seres uma criança perfeita e com um desenvolvimento normal. Quando te deito digo sempre "Obrigada meu Deus por ter um filho saudável e perfeito. Permite que seja sempre assim! Protegei sempre o meu menino!" e em seguida dou-te sempre um beijo na testa.

Começaste a dar os primeiros passos sozinho no dia 13 de Outubro de 2011, a uma semana de fazer 1 ano, e a 3 de Setembro de 2012, deixaste de usar fralda, nem imaginas o orgulho que tenho por termos conseguido deixar para trás as fraldas durante o dia. Claro que fazes um xixi de vez em quando nas calças, mas é tão de vez em quando que não faz mal :)

Já falas imenso filho, és um verdadeiro tagarela. Quando vamos no carro tu estás sempre a ver tudo o que nos rodeia, ainda não vimos o avião, e tu já gritas, "afião, afião mamã", e só te calas quando nós repetimos avião filho, é o avião. E o mesmo se repete para o "Tamião, o Tarro, a Queta a Mota, e o capatete" Na mota também tem sempre um shinhola" Mesmo que eu te diga que é um senhor, e tu repetes vezes sem conta "shinhola, shinhola", és teimoso!

Já chamas os bois pelo nome, assim como a Ofelha memé, o Pato, a Galinha, o Tão, o Gato, a Vaca, "Mamã olali a vaca, Muuuu", etc, já dizes o nome de todos os animais.

Depois vem a parte que mais gosta a "papinha" tu és doido pela papinha, tu brincas com as panelas, a nossa sala mais parece uma cozinha ambulante, tu tiras todas as panelas do armário e espalhas na sala, depois queres massa, "Mamã quelo matxa", eu dou e tu mexes no tacho com uma felicidade sem fim, se me perguntassem agora o que tu querias ser quando fosses grande eu diria cozinheiro, ou mais chique, chefe de cozinha!. Tu mexes, tu pões a mão e dizes "Tá quenti!" e sopras, como se estivesses mesmo no fogão, ah, hoje a tua prenda é uma cozinha miniatura para cozinhares enquanto eu cozinho. Assim pode ser que pares de pedir, "Mama Tolinho" enquanto eu estou no fogão para veres o que está dentro da panela, e lá dentro tu dizes: Matxa, ofo, pixi, tarrne, patata.

Gostas de bolo! E quando eu te digo vamos fazer um bolo tu perguntas: "Mamã um bolo booom? Bolo Grrande?" Eu digo sempre que sim, fazemos o bolo, sim porque eu ponho sempre um bocadinho de farinha e açúcar numa cambuca e tu ficas na tua mesa ao meu lado a mexer e a comer, farinha com açúcar, depois de o colocar no forno tu estás sempre, "Mamã tá tá? "É bolo booom!" É uma delicia verte a comer, assim como em tudo, mas tu comes tudo tão bem, não gostas muito de carne. A tua comida preferida é peixe cozido com batatas, ovo e bróculos. Feijoada detestas, não comes mesmo, assim como a manga. São as únicas coisas que não comes mesmo que estajas cheio de fome! Dizes o nome de quase todos os frutos, a "Ufa, taranja, pêla, citij, matxa, meixa...

A tua última descoberta foi o "buom dia, boua tadi, buona note, ofigada, e a melhor de todas e que eu adoro(!!!) o Fa Fa voli" Se tu soubesses o quanto dizeres se faz favor me deixa derretida passavas a vida a dizer :)

Também dizes Vovo, Vo Foli, Vo Zé, Paquito(o cão pincha da Vovó) que quando te dizemos para fazer miminho tu dás um abraço no telemóvel enquanto fechas as mãos e fazes um expressão meiga, o primo,quando chegamos da casa da vovó é do pior, passas a vida a perguntar pelo "pimo, o pimo" e choras, vê-se que ainda tão pequenino já gostas imenso do primo, a titi, o vovó. Dizem que as crianças tem memória curta, mas não é isso que eu acho que mesmo não vendo a nossa família do lado da mamã tu falas imenso neles. E adoração que tens pelo papá, ai, não vou escrever aqui o que me deixa triste (lol) mas ao mesmo tempo feliz, porque sei que estás sempre bem entregues quando vou no Carnaval com os primos para fora, este proximo ano não sei como vai ser, porque a mamã está desempregada, não quero imaginar como vai ser o teu futuro filho, mas o país nesta altura está virado do avesso, é só impostos e mais impostos, tanta, mas tanta gente desempregada, tanta gente a viver moserávelmente, e quando te pões a estragar comida eu fico furiosa, porque muita gente não tem dinheiro para comer, ainda esta semana numa escola negaram comida a um menino porque os pais não tinham 30€ para pagar a alimentação da criança, para teres noção do dinheiro que é, nesta altura o salário mínimo nacional é 485€. Espero que quando fores mais crescido tudo não passe de um mau periodo que o país atravessou.

E para terminar cantas a canção:) "Olá a bola Manéu, olá bola Manéu", eu continuo foi-se embora, e tu, dizes "fuxiu!"

Falas tanto filho, nem me consigo recordar de muitas mais coisas neste momento. E quando leres isto vais dizer que eu era uma chata e que me pus aqui a escrever. Mas e para ficar registado a tua evolução.


Filho já te disse que te Amo hoje, pois fica a saber que a Mamã te Ama mais do que alguma vez amou na vida!

Desejo apenas que sejas feliz pela vida fora, e NUNCA mas mesmo NUNCA deixes de fazer o que te faz feliz, não deixes de estar com quem te faz feliz, porque a Mãe vai ser feliz se te vir feliz independentemente das tuas escolhas!!! Ah filho, mas com juizo!

Amo-te heartheart

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Dos planos...

Gosto quando falamos do tal assunto, mesmo que seja uma incerteza...

sábado, 29 de setembro de 2012

Da nova creche à antiga foi um pulo!

Foi difícil, duro e muito doloroso para ele, e principalmente para mim. Desde choros durante horas, diarreia, infecções, cara todo um caos por causa do sistema nervoso, num dia as calças dele com prai 3 xixis, significa que ele deve ter estado horas com as calças molhadas, e ver o meu filho numa mesa sozinho no refeitório que nos fez voltar a trás na decisão e voltar a levar para a creche que o viu crescer, onde se transpira felicidade, onde se pode lamber o chão onde os nossos filhos brincam. É longe sim é, mas vale cada km, dos 15km que percorremos para o ir levar, mais 15 para casa, mais 15km para o ir buscar e mais 15 para voltarmos para o nosso lar.

A professora R. até ficou com as lágrimas nos olhos quando lhe perguntamos se a vaga do S.ainda estava vaga, ficou feliz da vida, ainda mais feliz fico eu por ter total confiança nestas profissionais que são como uma família. É verdade que é só até Agosto, e que em Setembro não há volta a dar e vamos ter que o mudar, mas daqui até lá ele cresce, fala ainda melhor do que fala agora, sim porque ele fala tudo tão explicadinho e declarado, aos meus olhos claro!, mas de uma certeza eu tenho, toda a gente fala tão bem daquela instituição mas tão bem (verdade!!!) que eu não o tenciono por lá! Para mim não serve! Ainda tenho o falar esganiçado da professora nos ouvidos... Podemos ter tido pouca sorte com a professora e auxiliares, mas não volto a repetir a proeza!

Ser Mãe é duro, tão duro que fiquei uma mãe galinha de primeira!

E ele que nunca foi de muitos abraços e beijos e muito menos de estar deitado no nosso colo no sofá, agora é todo ele um mel de tão docinho.


terça-feira, 25 de setembro de 2012

Da nova creche...

Toda eu sou nervos, ainda não o deixei e já estou a olhar para ele a chorar, ele ficou aos berros, eu fiquei a chorar nas 2 horas seguintes, do sistema nervoso fiquei com diarreia e dores de cabeça, só me apetecia ficar deitada e logo hoje que tive formação... Amanhã, amanhã vai o pai, porque honestamente não consigo, não é para mim e muito menos para ele que pressente a minha angustia. Quando o fomos buscar 2 horas depois ele estava feliz e contente, disse adeus a professora Diana. Ela contou que hoje já esteve bem melhor, que brincou com as outras crianças e com os brinquedos, que já comeu bem e sozinho, que pintou um desenho, e isso era notório na camisola dele...lol. Mas...Sei que amanhã já vai ficar melhor, mas vou deixar essa ardua tarefa para o papá! Amanhã já não vai ficar só duas horas, vão ser 4h, logo depois da sesta vou buscar o meu bombom mais doce e mima-lo. Sim porque já foi para a cama com o rabiosque quente, ou melhor a fralda. Está travesso travesso este meu pestinha mai lindo.

sexta-feira, 14 de setembro de 2012

Passatempo :)

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=180114692113613&set=a.155635324561550.13860.137332719725144&type=1&theater

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Participem neste passatempo! :)

Participem no passatempo do Salpicos de Amor.

https://www.facebook.com/photo.php?fbid=168648336593582&set=a.155635324561550.13860.137332719725144&type=1&theater

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Não conhecem?

Então vão lá espreitar e gostar!


Foto roubada do facebook do Salpicos de Amor.

terça-feira, 29 de maio de 2012

ando a meses para deitar o seguro de saude a baixo...

Hoje lá me decidi, e amanha vou lá voltar para ver se o consigo activar e marcar uma consulta urgente... É que so a mim mesmo... Um caroço ao pé do ouvido que doscobri 4 horas depois de o ter anulado...

quarta-feira, 23 de maio de 2012

Um duplo cá para casa se faz favor.

Hoje tencionava voltar. O computador foi para formatar. E eu estava ansiosa para ver se finalmente as coisas ficavam a funcionar. Mas hoje levei um baque que ainda não me recompus. O meu filho contou os degraus todas da entrada, vá, são só uns 7 ou 8 em marmore, mas o suficiente para me deixar num estado lastimável. Estavamos a espera do papá na entrada. Entretanto ele estava ao meu lado, mas chegou-se um bocadinho para o lado, desiquilibrou-se e foi com a cara a bater nos degraus até ao passeio e eu a não tentar cair por cima dele, a tentar apanhá-lo, a gritar pela minha vizinha. Ele ficou virado com a cara para o chão e barriga para baixo a chorar. Eu nem queria acreditar no cenário de terror que me esperava. pequei nele, completamente desesperada mas a tentar manter a calma. A minha vizinha a correr, a perguntar pelo gelo, eu digo-lhe que "deve estar na cozinha" DAH!!! Claro que estava lá, mas podia-me ter saido casa de banho. Enfim, toda eu tremia como uma vara verde. Agarrada a ele a tentar acalma-lo. É certo que ele pouco chorou, tem a testa numa lástima, só pisou. FELIZMENTE apesar da má sorte, tudo correu bem. Socorri-me logo do arnic, o milagroso e do gelo, e passados 2 minutos já ele corria pelo condomínio como se nada se passasse a brincar com a J. e com a M. E pronto, não ganhei para o susto, ainda estou a descarregar as emoções. Na hora tenho muito sangue frio, mas depois só me apetece deitar em posição fetal e esperar que este sentimento de culpa e irresponsabilidade passe. Sei que não podia fazer nada, sei que TODOS os dias estamos ali, mais do que muitas vezes, mas hoje aconteceu.

E é isso, a ver se amanhã, finalmente, consigo começar a orientar as coisas.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Querida anónima.

Anónima, minha querida (é que quando se partilha coisas, a intimidade já é outra), deixe-me só lhe dizer duas coisinhas.
1ª Você é tão, mas tão burra, que nem percebeu!!!!
2ª Só lhe posso dizer que até podeRIA andar a ser bem comida.

Mas com tanto ressabiamento, aposto que ele não se tem esforçado muito. E olhe que eu cá não tenho reclamações, mas olhe que nenhumas mesmo. Aiai...lol

Mas isso é para quem pode e não para quem quer. É que para putas de borda de estrada como você, sua coisa, ele é fraquinho fraquinho...

lol

P.s E tudo o que termina em INHAS cá em casa não entra! Aqui é tudo à grande!

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Anónima


















Olhe que vaca é pouco. É puta mesmo! Sabe que eu cá gosto de ser lady na mesa e louca na cama, oh mal amada, deves ter um marido pouco paneleiro deves...hihihi

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Porque é sempre assim...


















Porque com toda esta merda ando desanimada, fui as compras para alegrar um bocadinho. Comprei esta camisola na pull&bear, linda linda. E comprei (oh god, que devo mesmo ter ensandecido) umas calças (?? um bocadinho a cima do tornozelo) brancas na Stradivariys.

Opá é que fica mesmo giro. O que não é nada giro é ter umas mamas a chegar aos ditos tornozelos, pesadas como a merda, e não haver nada que as levante. E bikinis? É para esquecer! Nem sei o que fazer, bem, eu saber sabia, mas não me aventuro...

segunda-feira, 7 de maio de 2012

Do dia da Mãe.

O fds correu muito muito bem. A prenda para a minha Mãe fui eu que fiz, como sempre. Gosto de coisas personalizadas :)

E este ano ofereci-lhe um postal também, e escrevi o quanto gosto dela (tenho por habito dizer-lhe, mas mais escrever-lhe que a Amo, tanto que no fim ela disse entre sorrisos, "esta minha filha sempre a dizer e a escrever o quanto gosta de mim.). Claro que ela ficou a chorar, eu fiquei a chorar, e ficamos abraçadas por uns segundos que me pareceram uma eternidade e a sensação de ser uma menina pequenina. Soube bem, soube tão bem. Dá-mos sempre um abraço quando chego e quando vou embora. Mas o de ontem foi especial.

O sobrinho estava mais doce. A mana mostro mais respeito, e estavamos todos felizes.

Comi francesinha, fomos a festa do primo G.. O meu S andou de ponei e que contente que ele andou. Na festa andou de um lado para o outro, comeu bolo de chocolate e não só. Está visivelmente mais gordo, na genética não saiu a mãe. Fala imenso, e é tão mas tão feliz que as pessoas ficam encantadas. As gargalhadas dele deixam-me derretida, a mim e não só. Os comentários das pessoas deixam-me com um brilhozinho no olhar. Não que eu faça algo de extraordinário, mas porque de facto o meu filho é especial. E eu fico feliz por ele ser feliz :)

Faz hoje 4 anos que caminhamos lado a lado.LvU 

sexta-feira, 4 de maio de 2012

Na minha vida...


















nunca nada foi fácil! NADA! E claro que com isto tb não ia ser. Ora estou eu desde as 9:30 da manhã até agora com senhor Tom a mexer no computador.
Marca do pc.
Asus.
Oh pois, muito difícil.

Agora só na segunda ou terça, é que estamos  horas e vamos precisar fazer mais um coisa. Não estar fácil. E estar cansado. Preciso de pausa.

Pois que ele precisa de pausa, e eu preciso de paciência. Muita, paletes. Tantas horas para... NADA!

Oh god, make me good, but not yet!

Já deu para perceber que estou com os azeites, certo?!?!?!

Agora vou só organizar o escritório que está uma barafunda. Vou só por a roupa no sítio de ter sido passada, e fazer as malas que o fds é passado com a família como se quer. Só espero que a minha irmã tenha consciência desta vez, porque juro que não respondo por mim! (Mas como foi ela que tomou o passo de me ligar da última vez, pode ser que lhe tenha pesado na consciência. Sim porque aqui a menina quando tem razão, não há volta que me consigam dar! Eu nunca mais lhe ligava, vá não tão cedo.)

E é isso gentxi, bom fds :)

Comadre chamada a recepção. Não tenho nenhum mail teu :( Beijos nessa gorduxinha gostosa e gira aqui pela tia sim? (As fotos do teu afilhado tb não estão esquecidas. Alías devia ter passado hoje para o computador que tenho a máquina cheia, mas confesso que a falta de tempo, e paciência...aiai... Beijos para ti e vê se vens logo :)

Um bombom difícil de ficar doce!

O meu bombom chegou. Com ele uma tremenda de uma dor de cabeça. O programa já estava instalado. Começou a dar problemas. Depois de seguir todos os passos, continuou tudo na mesma. Ontem passei a tarde, ele a manhã, atraves do GoToMeeting com um Americano a mexer no meu computador. Hoje quando ligo o portátil o problema apareceu outra vez. Passei a tarde com o Americano novamente. E amanhã vou passar a manhã com um Inglês.

Mas isto dá luta! E as coisas que dão luta depois também damos mais valor!

Resalvo aqui a competência e disponibilidade dos senhores da marca. Mandei um e-mail a relatar o problema, 2 minutos depois tinha uma resposta. E depois foi tarde a dentro. Se fosse em Portugal, daqui a 15 dias, ou talvez mais, tinha o problema resolvido!

terça-feira, 1 de maio de 2012

"Ela" chegou!

A minha alegria enquanto a transportava para casa... :)

O escritório está pronto, caixas no devido lugar, prateleiras incrivelmente arrumadas por secções e na secretária XL tudo a postos. Agora é dar asas a imaginação.

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Deprimente é:

Estar a espera de um chupa para a boca como se fosse uma criança, e dizerem que afinal o chupa, que era para chegar hoje, mas que entretanto eu mentalizei-me para dia 23 (não fosse alguma coisa acontecer), afinal nem no dia 23 vai chegar. Opá, isto dá-me cabo dos nervos!!!

Anda uma pessoa com insónias e ansiedades para nada... A ver vamos se lá para quarta já tenho meu "brinquedo" novo.

Diz ela: "Sabe como é, vem dos States logo demora tempo, e depois chega a Europa e esgota logo. E as entregas nunca são nos dias previstos." Mas eu encomendei, isso não é o suficiente para chegar a Europa e vir logo uma para Portugal? Diz que sim... A ver vamos!

 Então não era logo de me dizer isso no dia que falamos?!?!?! Assim fica aqui uma pessoa em ânsias para nada!

terça-feira, 17 de abril de 2012

Que Deus a proteja!

A esta hora o meu amorzinho(prima) está no bloco a fazer uma redução mamária. Eu estou ansiosa, até um pouco nervosa. Agarrada ao telefone mas a controlar-me para não ligar para a minha tia.

Que Deus a proteja!

sexta-feira, 13 de abril de 2012

Em tempos de crise...

 Chega dia 23 que eu estou em pulgas!!!

terça-feira, 10 de abril de 2012

Bem bem! E a Páscoa?

O que sei é que não andava nada bem. Até consulta no endócrinologista já tinha marcado. Já não me vinha o período desde Janeiro, e nunca em toda a minha vida tinha ansiado que chegasse. Andava irritado, chorosa, sem paciência para nada. A semana passada as dores pré-m apareceram como nos meses anteriores, e eu só queria que tudo se regularizasse. E assim foi. O período apareceu e agora estou bem. Cheia de energia, mas ainda com algumas insónias. Mas de resto tudo normal.

Da Páscoa, e que calor que se fez sentir, que foi tão boa e tão má. A minha Mãe lá pôs a mesa cheia de comes e bebes. Estavamos 40 à volta da mesa. Tudo família directa. Os meus tios, os meus primos e respectivas e os filhos dos primos. E eu estava tão feliz. A minha Mãe então nem se fala. Ainda faltou família. O Tio G. como de costume não veio, mas claro que passou no seu Porshe para se fazer notado.O primo M. foi passar o seu aniversário com a namorada, relacionamento recente, foram para o Alentejo. O Tio B. e os 2 filhotes não vieram, afastou-se quando casou pela segunda vez. Mas o filho mais velho apareceu com a namorada, tb recente e nossa conhecida, andou comigo na escola. A filha do primeiro casamento dele tb não veio porque o compasso em casa dos sogros era a mesma hora que na nossa casa. Ainda faltou a prima M. que foi morar para a Irlanda com o marido. Eramos muitos, estávamos quase todos, e foi uma manhã feliz.

Claro que quando chegou a hora da sestinha do meu filhote a coisa tinha que descambar, como é costume! A minha irmã acha que o meu sobrinho pode fazer o que lhe apetecer. Até barulho no quarto ao lado enquanto o meu filho dorme. O sono do meu filho é leve e por isso a mim aborrece-me ter que chamar a atenção, mas chamo. Mas trata-se do meu filho e do sobrinho da minha irmã por quem ela não demonstra qualquer tipo de respeito.

Passei-me, barafustei, chorei e fiz as malas para vir embora (mas só viemos a noite). Porque uma vez mais toda a gente (a minha mãe e a minha irmã) acha que o meu sobrinho pode fazer o que lhe apetecer! Sabe bem dizer que a casa é da vovó, da mamã e dele. Mas tb não há ninguém que lhe diga que é tanto dele como do primo. No meio disto tudo o meu sobrinho ainda me mentiu, a dizer que a mamã tinha autorizado ir brincar para o quarto, e depois a minha irmã ainda me disse que lhe tinha deixado ir ao quarto buscar brinquedos, mas só se esqueceu de um pormenor, eu estava no sofá ao lado dela. Ele não pediu coisa nenhuma, e ela para o defender mentiu-me tb. Enfim... Eu não concordo com a educação que ela dá ao meu sobrinho, mas no domingo foi ainda pior, foi compactuar com a mentira do meu sobrinho, e mentir para o defender... Fiquei sem palavras e com a certeza de que não vamos mais ao Norte no mesmo fds! 

Quando o meu sobrinho era bebé, na casa da minha Mãe, na hora da sesta ou na hora do meu sobrinho dormir, lá em casa tinha que se andar de bicos de pé, e com a TV em silêncio, porque o BEBÉ is dormir. Agora para o meu filho já é deferente. E eu estou tolinha, segundo a minha irmã, porque não era nada assim na hora do meu sobrinho dormir. Mas o bom da história, é que no Domingo a minha tia C. confirmou, ouviu tudo e só espero que tenha uma conversa com a minha Mãe, para ver se ela abre os olhos, e se passa a dar os mesmos direitos ao meu filho. É que garantidamente, se as coisas não mudam, quem não põe lá mais os pés somos nós!

Isto não é de agora, todos os fds no Norte são a mesma história. Discutimos sempre por causa dos nossos filhos. E a minha Mãe dá sempre razão a minha irmã. Estou farta! Cansada destas merdas! E não vou andar a gastar um balúrdio para ir ao Norte para me chatear! Em Maio ainda vamos as duas no mesmo fds. Temos o aniversário do primo G. e por isso não há como escapar.

E  a Páscoa foi feliz de manhã, e uma tristeza a tarde...E no meio disto tudo só tenho pena da minha Mãe, que na hora da discussão não estava lá. e quando chegou apanhou a conversa já no fim, e sem perceber. E ela estava tão feliz, e fez tudo sozinha, e estava tão cansada. A ver se ganho coragem para lhe ligar e pedir desculpa (sei que ela ficou triste, porque quando nos despedimos é sempre com dois beijos e um abraço, e ontem só demos dois beijos...)

sábado, 31 de março de 2012

31. Saudade



















Ela foi-nos roubada por Deus, por um Deus que por vezes não compreendo. Ela faz-nos e faz-me falta. Ela tinha apenas 20 anos. Ela sofreu horrores. Nós sofremos na pele e principalmente no coração a dor da sua partida. E a Saudade essa eu não consigo ultrapassar... :(

quarta-feira, 28 de março de 2012

MorEPA


 Nesta última semana fui invadida por uma tristeza que não lembra a ninguém, nem ao diabo, acompanhada de falta de paciência, falta de sono, irritabilidade...tudo e mais alguma coisa, sem vontade de fazer nada, até para ir ao ginásio não tenho tido vontade. E perguntam vocês o que me aconteceu NADA! Se a vida corre bem, corre! Só me apetece chorar sem motivo nenhum. Penso cá para os meus botões que deve ser por causa do descontrolo hormonal que me acompanha desde meados de Janeiro.

Mas como não me sinto bem, já fui a farmácia comprar estas milagrosas cápsulas, que ontem vi a publicidade na televisão. Pelo preço espero que a coisa valha a pena, porque já não aguento estar assim.

Estar assim já é mau quando há motivos, estar assim sem motivos é ainda pior. Porque me sinto um verdadeira desequilibrada...

Agora vou só ali à praia...

terça-feira, 27 de março de 2012

27. Sonho


É mais ou menos isto. Eu, Ele e um rancho de filhos adoptados... :) É o meu sonho!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Diálogo com o S.

Vó F. : Bebé anda cá.
S.: Bebé??? Nah, Nah!! (enquanto acenava com a cabeça para a direito e para a esquerda)

O tempo passa e ele está tão esperto que dá gosto.

  1. Já está
  2. Não
  3. Tim (Sim)
  4. Tau Tau (enquanto acena um Xau)
  5. Mamã
  6. Papã
  7. Bo (bola)
  8. Papimmm (papinha)
  9. TáTá (com o telemóvel colocado no ouvido)
O telemóvel começa a tocar, pedimos-lhe para buscar, ele vai e vem todo contente com ele na mão.

Ele adora água. E sempre que a vê, é histeria na certa de tanta felicidade :)))

26. Comida


Eu sou um bom garfo. Sempre fui! Não me contento com um pratinho de comida, eu repito sempre a dose, se gostar claro. Não consigo deixar comida na travessa, e muito menos no prato. Por isso quando a comida é feita para 3 ou 4 pessoa , e somos só dois, significa que tenho que comer por dois ou três.

Eu ADORO comer! Lasanhas, pizzas, McDonalds, e tudo o que seja fast food.

Não sei se já aqui tinha contado que já me alimentei durante 1 mês no Mac, e ao fim de 1 mês e com 10kg a mais, deixei de comer e voltei ao registo comida da Mãezinha. E não, não estava enjoada dos Hambúrgueres!!!

domingo, 25 de março de 2012

25. Medo

Sou medricas por natureza. Tenho medo da maneira que possa morrer. Mas não tenho medo de passar para o outro lado, porque Elas estão lá, à minha espera-
Mas desde que fui Mãe que tenho medo de ele não crescer comigo, tenho medo de não o ver crescer, tenho medo de perder o meu companheiro e amigo. Tenho muito medo de perder a Mana, tanto!

Depois tenho mais nojo de muitas coisas do que propriamente medo.

De sapos, que nojo...Rsrsrs

sábado, 24 de março de 2012

24. Data
















  


A Bola de 20 de Setembro 2010.

Eu AMO fazer anos em Setembro 20 de Setembro de 1982 foi uma data importante. Não gostava de fazer em Agosto, ou em Janeiro e Fevereiro.



















O Jogo de 20 de Outubro de 2010

Mas claro que o 20 de Outubro é a data mais importante, porque foi o dia que o meu filho nasceu a 20 do 10 de 2010.

MAs posso destacar o:

8 de Maio 2008, quando tudo começou
19 de Junho de 2006, dia do meu sobrinho
7 de Dezembro de 1980, o dia da mana
19 de Dezembro de 1957, o dia da Mãezinha
19 de Outubro de 2006, dia do meu divórcio
e tantas, mas tantas outras.

sexta-feira, 23 de março de 2012

23. Solidão



Eu gosto do silêncio. Confesso que a falta de silêncio que um filho trás ao início me fez confusão. Eu gosto de ir ao shopping sozinha, às compras sozinha, de passear na praia sozinha, de ir ao cinema sozinha.

Mas  adoro a companhia dele e só dele. Não sou dada a convívios com frequência. Gosto de ser eu e ele, e gosto de agora sermos nós.

Eu senti solidão no dia que sai de casa da minha Mãe aos 19 anos e fui morar com o meu namorado porque me chateei com a minha Mãe. Foi de uma solidão que doía a cada minuto que passava. Mas quando nos habituamos, depois foi difícil voltar a agitação da casa da minha Mãe.

Eu prefiro o silêncio ao barulho.

quinta-feira, 22 de março de 2012

22. Lingerie



















Eu AMO lingerie, tenho dos mais básicos, aos mais elaborados. Daquelas bem filhas-da-piiii para noites mais calientes.

Eu antes de ter o meu filho eu usava sutiã para enfeitar, não precisava que me segurasse nada, então usava o 38 da Oysho e tinha IMENSOS. Depois de ter o S. o peito ficou maior e muito caído, resumindo, dei os 350 mil conjuntos que já não usava e só ocupava espaço :((((. Os mais sexys, para noites diferentes, como não uso na rua, e ficam bem não dei nenhum. Esses estão bem guardados junto de outros artefactos. Esposas a Primark costuma ter umas coisas bem giras a preços muito em conta. E para surpreender o marido, ui... ele fica...

quarta-feira, 21 de março de 2012

21. Maquilhagem













Gosto muito de ver as pessoas bem pintadas! Jeito esse, não tenho nenhum! Então para a tirar nem se fala. Mas tenho fases que me maquilho, e agora já limpo bem a pele depois de a tirar. Mas pronto, passo semanas  sem borratar aqui a pintura...lol

Não me perguntem como foi a noite!

 Toda eu estou uma pilha de nervos!

Sempre que o meu filho fica adoentado, eu abro um colchão no quarto dele e deito-me ao lado dele (ele só quer ficar na caminha dele, se o tiramos de lá, esperneia e grita como se alguém lhe estivesse a fazer mal.). Agarro-lhe na mão, faço festinhas na perna, e o que recebo em troca? Sempre que eu tentava fechar a pestana, ele mandava-me 1 dos 500 peluches que tem ao fundo da cama. As chupetas espalhadas pela cama era prai umas 5, sim que ele também me mandou com todas a cabeça, uma de cada vez, pois tá claro, e sempre que eu entrava a tentar chegar ao primeiro sono.

Ele que nunca se babou com o crescimento dos dentes, ontem a saliva era em fio pela boca abaixo.

Hoje, que tenho a minha aulinha de fitball, nem como vai ser. Estou mais para lá do que para cá, e muito pouco recomendável!!!

terça-feira, 20 de março de 2012

20. Objecto













O telémovel. Embora o largue um dia inteiro dentro da mala e nem me lembro dele...lloll... não vivo sem ele! E não, não fiquei fã do Nokia Lumia, alías, até sou bem capaz de viver sem ele e voltar para o meu antigo Nokia. Não tivesse eu trocado o cartão, por um micro-cartão, já andava com o meu tijolinho novamente

segunda-feira, 19 de março de 2012

19. Série



















Foi uma série que gostei bastante, mas de um momento para o outro deixou de dar na FoxLife. Não sou muito dada a séries.

domingo, 18 de março de 2012

18. Feriado
















Gosto de todos! É sempre motivo de felicidade. Porque passamos o dia todos juntos :)

sábado, 17 de março de 2012

17. Frase/Poema

Penso que já tinha partilhado este poema, que é o meu poema, aquele poema!

Pegadas na areia

"Uma noite eu tive um sonho...
Sonhei que estava andando na praia com o Senhor
e através do Céu, passavam cenas da minha vida.
Para cada cena que se passava, percebi que eram deixados
dois pares de pegadas na areia;
Um era meu e o outro do Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou
Diante de nós, olhei para trás, para as pegadas
Na areia e notei que muitas vezes, no caminho da
Minha vida havia apenas um par de pegadas na areia.
Notei também, que isso aconteceu nos momentos
Mais difíceis e angustiantes do meu viver.
Isso entristeceu-me deveras, e perguntei
Então ao Senhor.
"- Senhor, Tu me disseste que, uma vez
que eu resolvi seguir-Te, Tu andarias sempre
comigo, todo o caminho. Contudo, notei que
durante as maiores atribulações do meu viver
havia na areia dos caminhos da vida,
apenas um par de pegadas. Não compreendo
porque nas horas em que mais necessitava de Ti,
Tu me deixaste sozinho."
O Senhor me respondeu:
"- Meu querido filho. Eu te amo e
jamais te deixaria nas horas de provação
e sofrimento.
Quando viste na areia, apenas um par
de pegadas, foi exactamente aí que te carreguei nos braços."

sexta-feira, 16 de março de 2012

E 15 dias depois...

Muito ao de leve, é certo, se andarem com a cabeça para cima e para baixo conseguem perceber (é que a qualidade da foto está uma merda, mas foi o que se arranjou). Mas em 15 dias não se espera milagres. Porque para mim isto já é um verdadeiro milagre!













Nem quinta, nem sexta fui ao ginásio. O carro do marido está na oficina, e claro que não vai deixar de trabalhar, para eu continuar a tonificar o esqueleto. E eu claro, já andei em trabalhos. Tinha a garagem feito um depósito de coisas que não usamos, então meti mãos à obra, e já pus tudo a jeito de pelo menos fazer passadeira e alguns exercícios com a bola.

P.s. Para a semana vai ser a doer! Os bolos e o praliné and cream vai acabar. Que isto de andar a derreter no ginásio, e chegar a casa e enfardas bolos e chocolates a gelados, vai acabar, só na segunda! E nos entretantos vou voltar as mãos da maravilhosa Maria, que me vai por toda jeitosa enquanto o diabo esfrega o olho...lol

Coisas que me fazem confusão...3

É pensar que toda a gente tem INVEJA da vida delas...

É que se ainda fossem riquíssimas e boas comó milho e lindas de morrer, e com um verdadeiro charmoso Italiano ao lado, e tivessem assim uma vida pra lá de espectacular, mas não...

E por falar em coisas boas, já vos venho aqui mostrar a bela da barriga ao fim de 15 dias de ginástica INTENSA!

16. Filme













Este é O filme que não me canso de ver. Já o vi tantas vezes que perdi a conta, e de todas as vezes, quando eles são assaltados e a Molly pede ajuda para salvar Sam, em vão, eu choro como se fosse a primeira vez que estivesse a ver. Adoro, Amo este filme!

quinta-feira, 15 de março de 2012

Coisas que me fazem confusão...2

Pessoas com prepotência, eu é que sei, e por isso não vou ouvir ninguém. É isso e pessoas que passam a vida com a mania da perseguição!

Faz-me confusão, fazer o quê?!?!

Do ginásio

Eu ando surpreendida comigo mesma!

Como é que foi possível eu morar ao lado deste paraíso e só agora ter começado a frequentar. A sério, já nem vivo sem as minhas aulas de Hidroginástica. Vou por o S. à creche e rumo para lá. Tenho feito sempre  pelo menos 30 minutos de passadeira, ou 50m como já aconteceu, e vou um bocado até as máquinas fortalecer os músculos antes de ir para a piscina levar outra tareia.

O que eu ADORO é Fitball, é pena ser só uma vez por semana. São tão puxadas as aulas que ontem tive a infeliz ideia de levar umas calças azul claras. No fim da aula tinha as calças na zona das virilhas todas molhadas, sutiã e camisola completamente encharcados. Hoje estou que nem posso.  Ontem fiz meia hora de passadeira, fiz máquinas, de seguida fiz a aula de Fitball e depois a Hidro.

O carro do marido foi para arranjar e hoje fiquei sem carro, claro que logo às 19:30  estou lá batida nas aulas de GAP e de seguida nas aulas de Hidro às 20:30.

Por este andar desapareço! Resultados já noto!

E o que noto de estranho? É em vez de ler a revista Maria, me ponho a ler a Men´s Health.

15. Local de férias















Fui ao Egipto e odiei, mas foi o sítio mais paradisíaco que alguma vez estive!

Mas qualquer local é bom para férias, desde que estejamos os 3 :)

quarta-feira, 14 de março de 2012

14. Calçado















Eu gosto muito de calçado alto, mas normalmente uso calçado baixo, raso de preferência, porque os saltos altos não querem nada comigo. Sempre que tenho um jantar, ou algo mais pomposo, gosto de um salto alto. E depois de descobrir estas maravilhas da Sandra Costa, produto nacional, que é do mais confortável que comprei, comecei a usar estas botas no meu dia-à-dia. São tão confortáveis, mas tão confortáveis, que já fui passear a baixa com elas calçadas, andei o dia inteiro com elas, e dores nos pés, nicles batatoides!

Adoro ténis, aliás era  a minha paixão de teenager. Tinha pra lá de 15 pares de ténis fashions e o último grito, com uma agravante, comprava sempre um ou dois tamanhos abaixo do que usava, resultado, acabei por dar todas as minhas sapatilhas. Do calçado é isto! :)

terça-feira, 13 de março de 2012

E que saudades que eu já tinha...

Do nosso Pipoco mais salgado! Sempre com um humor pra lá de bom!

"Apontado ao livro

Sinto-me como o primo da França, que veio cá passar Agosto, já cá não vinha desde o ano que passou e é como se ainda no último fim de semana tivéssemos estado a ver o jogo do Benfica no Café Central e nos tivéssemos abraçado todos, custou muito, o Paços de Ferreira é um gigante mas nós fomos ainda mais, venham de lá esses ossos, co'a breca. Amanhã, mais refeitos deste apertar de ossos, eu a estacionar o Opel Calibra Biturbo com a senhora de Fátima colada no tablier e o logotipo da Federação estampado no capot, trezentos cavalos debaixo daquele capot, caramba, mas, dizia eu, nós mais descansadinhos, banho tomado e noite bem dormida, havemos de nos sentar aqui e eu estou capaz de vos perguntar se somos gente de fibra para um destes dias este blog dar em livro, o meu nome na capa, Pipoco Mais Salgado e por baixo, para as pessoas perceberem quem é a figura, estar explicadinho "autor do blog snob-chic mais lido de Portugal".

 
Atenção que adoro ler o blog do Arrumadinho!

Para a ginecologista...













Tudo isto é muito normal. Normalíssimo a pílula acabar e não vir o período 3 dias depois. E pronto uma carrada de analises. E continuar com a pílula como se nada tivesse acontecido. Só para mim é que isto não era normal, mas mesmo não a conhecendo de lado nenhum, se ela diz que é normal, eu vou acreditar. Até quando ela a fazer uma eco e me mexeu no ovário direito, eu lhe disse que era ai que me doía durante o dia constantemente, para ela tb é normal. E eu acredito!

As minhas hormonas já tiveram melhores dias...2

Para não falar nas dores de barriga, que é como quem diz, parece que tenho um vulcão a entrar em erupção a qualquer momento...

As minhas hormonas já tiveram melhores dias...1

O mês passado foi o que foi, este mês, também não está melhor.

No mês passado (Janeiro) as mamas chegaram a passar para o número de sutian a cima, comprei dois, e agora tenhos as mamas a boiar dentro deles. Fiz uma eco-mamária para ver se havia alguma coisa, e um Beta HGC para confirmar o que já sabia, que não estava grávida. As dores eram a chegada inesperada do período. Sim, porque não deveria ser suposto aparecer o período, uma semana depois de ter ido embora. E quando tinha que vir, não veio.

Este mês além do período quase inexistente, estes enjoos, porque comi dois petit gateaus de caramelo, que me caíram tão mal... está a dar-me cabo dos nervos. E não não estou gravida! Estou com um descontrolo hormonal desde Janeiro, que já me anda a chegar aos nervos, tudo porque de certeza o meu sistema nervosa me anda a tramar, é que além de me fazer emagrecer, me altera esta merda toda. Porra, não vejo a hora de andar tudo normalizado outra vez!

13. Cheiro/Perfume















O meu perfume preferido. Este é O perfume da minha vida. Escape da Calvin Klein.

Comecei por usar a primeira vez tinha prai 14 anos. Foi numa das viagens de férias com o meu pai, em Londres, que conheci o cheiro numa das minhas tias, gostei tanto que comprei. Este perfume é caro para burro, por isso, é um perfume que uso muito raramente. Mas AMO de paixão! Se me perguntarem um cheiro, este é o meu cheiro.

Se alguém  me quiser enviar um de presente, eu aceito. Afinal até dia 22 ainda falta taaanto tempo...lol

segunda-feira, 12 de março de 2012

De um fds MARAVILHOSO!










O fds foi tão mas tão bom! A sério.

Mas ainda de sexta e da minha neura, não me venceu e fui para o ginásio fazer cardio, e que bem que me soube! No fim ainda fomos fazer uma visita aos avós paternos e fomos jantar uma francesinha. E que bem que me soube. Este fds fomos à praia, fomos ao parque, namoramos, jantamos bem, sim porque fiz um piteu, nem vos digo nem vos conto!!!

Muito bom mesmo!

12. Cidade











Não é uma cidade, é uma aldeia onde nós fomos MUITO felizes. Alfandega da Fé é um sítio muito especial por todos os motivos, e o SPA Nossa Srª das Neves, na altura ainda não tinha o Spa, é o sítio perfeito para se ficar com vistas deslumbrantes e um restaurante...aiai... Um dia havemos de voltar :), os 3!

11. Sobremesa


















Eu sou moça de doces! Adoro doces! Adoro bolos! Eu adoro comer! Eu adoro comer doces!

É difícil escolher uma só sobremesa. Mas normalmente a sobremesa que como em restaurantes e faço em casa o típico doce da casa. Adoro!

10. Parte do dia ( manhã, tarde, noite)















Tudo atrasado...

Eu gosto muito da noite. Adoro deitar-me tarde. Eu sou mulher de me deitar tarde e gosto de me pôr a pé cedo! Gosto da noite, mas não gosto de sair a noite. Já gostei, mas a determinada altura passei a não ter paciência. Não gosto da música alta!!! Gosto de passear à noite. Mas sou uma medricas e gosto pouco de andar sozinha à noite.

sexta-feira, 9 de março de 2012

E se de manhã até estava bem disposta, e o "trabalho" até me saía das mãos, agora estou para aqui a arrastar-me pela casa. Em vez de ir ao ginásio, fui até a praia, pouco tempo, cheguei e almocei, fiz as camas de lavado, e agora já estou prai a 2horas a olhar para o que ainda me falta fazer, e a pensar que quero(ia) ir ao ginásio, que já não vou.

A conversa no fds não aconteceu. Pura e simplesmente ignorei-o, e não fui lá. Já não bastava estar para aqui a arrastar-me como ainda me liga o meu pai... a sério...

Definitivamente hoje não me recomendo!!!!

Dos afazeres...

Já estendi uma máquina de roupa, já pus mais uma máquina de lençóis a lavar. Já limpei a sala toda, e já tirei aquelas ervas daninhas dos canteiros do terraço. É que com este bom tempo o filhote só quer estar no terraço com a bo (bola).

Hoje não vou a hidroginástica, mas vou já já de seguida fazer cardio.

E se ainda der tempo, porque depois vou fazer as camas de lavado, ainda vou até a praia apanhar o primeiro dia de bronze do ano.

9. Mania/Superstição

A mania de andar com o meu trevo sempre comigo. De resto não tenho mais nenhuma!

quinta-feira, 8 de março de 2012

Do ginásio: E da Yoga.
















Não fiquei muito desta modalidade. Não tem a ver comigo.

Eu gosto mesmo é das aulas de Hidroginástica! Da hidro e de bolos, docinhos e afins. MAs hoje não comi nenhum doce, bolo, chocolate, NADA! Opá até estou orgulhosa de mim. Tenho a sensação de ter a barriga colada as costas...lol

8. Amor









Caminhamos lado a lado desde 2008, tivemos momentos difíceis, muito difíceis, e de muita felicidade. Deste Amor nasceu o nosso pequeno S.. Só peço que continuemos como estamos, que estamos num óptimo caminho. E já agora que do nosso Amor volte a nascer lá para o final do próximo ano (o de 2013, sim?!?!) um novo membro para esta família feliz :)

Amo-vos

quarta-feira, 7 de março de 2012

Do ginásio: Fitball













 Hoje saímos mais cedo de casa, e deu para ir à aula de Fitball. Aquilo também é pouco puxado sim senhor! A piada da aula, o professor dizia, descansar, e logo de seguida fazíamos outro exercício, até que alguém diz, então e o tempo de descanso? Ele responde, só a palavra descansar já é descanso.

E de seguida ainda fui a aula de Hidro, estou de rastos. Agora vou-me ali agarrar ao ferro para queimar mais umas calorias.

Que a mulher já não limpava nada, é uma verdade, mas que me faz falta, também é outra verdade!

7. Estação do ano



















Eu gosto daqueles dias em que vamos a praia, e o sol não está a torrar. Gosto daquele calorzinho gostoso que a noite vestimos um casaco de malha só para ficarmos mais aconchegados. Gosto de ver as flores crescerem. Gosto de ver as folhas castanhas nas árvores. Gosto das luzes do Inverno que simboliza o Natal, época que tanto detesto.

Eu gosto de Verão, dos dias mais frescos e dos gelados, e gosto da Primavera e dos dias mais quentes e dos morangos, e gosto daqueles dias de Outono quentinhos a comer castanhas, e gosto do Inverno e de estar enroscada numa manta com a lareira acesa e a melhor companhia de todas enquanto chove lá fora.

terça-feira, 6 de março de 2012

Comadre, tenho saudades tuas pá!

Oh comadre, tenho saudades tuas. Conta novidades da Angelina e não nos deixes aqui a secar de notícias (eu sei que estes primeiros tempos não são fáceis!!!)

Beijinhos nossos e um especial para a piquena :))))

Do ginásio: Eu ontem fiz bem!

Muito bem ter chegado a 10 minutos do fim da aula de Hidro. É que hoje, passados 10minutos, já não aguentava. Opá, aquilo é a doer!!!!!!!! Olhava para o relógio a cada minuto, ansiosa pelo fim. Só vos digo, que com este ritmo, numa semana, estou um pauzinho de virar tripas (tenho-me tentado controlar, ontem só comi uma fatia fininha de salame, é que a noite já estava mesmo a desfalecer). Mas amanhã estou lá batida de certeza, isto claro que se me conseguir aguentar das caneta. E se não me virem por aqui, é sinal que estes bracinhos já tiveram melhores dias. Agora a minha questão é, então como é que os velhinhos, sim porque a média de idades lá nas aulas é de 65 anos, aguentam? E foi por isso que mesmo com os bofes de fora, lá me tentei aguentar até ao fim. Amanhã ainda é o professor F.

É que no fim, quase não me aguentava de pé, então perguntei a uma senhora se o ritmo era sempre assim. Diz-me muito rápido a senhora, "não, o professora I. é muito pior!". Pior do que isto é possível? Eu achava que não!

6. Sabor















O Sabor do meu queijo de cabra gratinado com frutos silvestres. AMO de paixão este piteu :)

segunda-feira, 5 de março de 2012

Nem mais!

 As vacas são animais que ficam muito tempo a remoer a mesma coisa.

Daqui.

Da Segurança Social

Como é que é possível, eu estar desempregada desde 31-12-2011, e a dia 05-03-2011 ainda não ter visto 1 cêntimo... Eu fico a pensar como é que as pessoas fazem, se não tiverem a quem recorrer... Enfim... Assim se vive em Portugal!

Da segunda-feira


As fotos que vou colocando aqui, são mesmo do ginásio onde ando. Não vou mencionar o nome, mas todas as fotos são retiradas do site deles.


Hoje lá fui eu para o ginásio. Cheguei a aula de Hidro faltava 10m para terminar...Oh... Depois estive a andar de um lado para o outro dentro desta piscina maravilhosas, nadei, estive dentro de água a olhar para o jardim a relaxar, ainda levei com jactos de água bem forte nesta cervical que já teve melhores dias. Ai que bem que me soube! Aiai... Depois ainda fui jacuzzar prai durante meia hora, parecia que estava a levar uma tareia, todinho só para mim. Depois ainda fiz banho turco e sauna. Nem sei se isto faz bem, sair de um e entrar noutro, mas apeteceu-me. Na sauna estiquei a toalha e deitei-me, mas rápido rápido me levantei. Improprio para quem praticamente não dormiu, e está cheia de sono. Acho que adormecer lá dentro não me faria propriamente bem. E pronto, amanhã estou lá batida para as aulas.

Ontem depois de comer 3 taças de leite creme caseirinho e duas fatias de salame ao meio dia, feito pala minha Mãe, ainda trouxe dois leites creme, e fui "obrigada" a comer. Bem minha gente, foi uma descarga intestinal que nem vos conto. Enfim... Hoje fui comprar tabaco, e lá estavam eles, os bolos, leva-me, come-me, e eu disse, ficais que isto assim não pode ser. Opá, o que me custou não trazer um bolinho. Mas a balança do ginásio marca 70kg, e assim que ia dizer é pra levar, a imagem da balança começou tipo sirene a aparecer em frente aos meus olhos, e pronto, vou só ali comer um prato de massa com atum, e vou orientar as coisas, para depois dormir um soninho que bem mereço. Que hoje o meu filhote esteve a choramingar toda a noite, e nem o supositório lhe fez efeito...

5. Foto










Esta é a Foto que não me canso de olhar. Porque foi a partir deste dia que tudo mudou. Porque foi a partir deste dia que eu soube o que é nunca mais dormir sossegada. Porque foi a partir deste dia que eu passei horas à noite a olhar para ele, e a agradecer o meu maior e melhor projecto de uma vida. Porque fui abençoada por um bebé saudável, perfeitinho e lindo de morrer.

Esta é aquela Foto que se fechar os olhos nuca me hei-de esquecer do ar sereno do meu filho.

domingo, 4 de março de 2012

O que se diz por aqui???













Que vou começar (AMANHÃ!!!) a frequentar o ginásio (acho que já ouvi isto mais vezes e ao fim de 15 dias nada...). Um ginásio pra lá de bom, com tudo e mais alguma coisa, piscina, sauna, jacuzzi, banho turco..., agora vamos ao que não interessa, máquinas, Indoor Cycling, pilates e vamos novamente ao que interessa, danças latinas à sexta, que não vou perder nem por nada. Já está decidido com o marido, que a sexta fica para as minhas aulas e o sábado de manhã para o futebol dele. Tem também hidroginástica todos os dias de manhã, que tenciono ir. Enfim, deu para perceber pela parte que comecei não é? O fato-de-banho e a touca já foi comprado à instantes. Agora é ver se este entusiasmo não desaparece...

Sempre disse que aos 30 anos ia estar podres de boa, uma trintona de cair para o lado. E como a celulite alapa-se à velocidade do som nas minhas pernas, como as coxas estão flácidas, bem como a barriga os braços e as mamas, (bem, nem é bom pensar nas mamas), como a puta da genética só funciona a nível de peso, olha vou ter que me fazer à vida, que é como quem diz, malhar malhar malhar. Quanto tempo é que falta para fazer 30??? 6 MESES e 15 DIAS??? Não vai ser fácil. Mas se andei uma vida inteira a dizer sempre a mesma coisa, agora não posso falhar! Eu quero ficar podres de boa! Oh santinhos ai em cima, se eu me portar bem, assim mais ou menos, e não enfardar 2 pratos de feijoada, 3 taças de leite creme, e duas fatias de salame como fiz hoje ao almoço fazeides que fique boa aos 30? Boa? Então vamos la trabalhar para isso.

Meu Deus, hoje quando fui comprar o fato-de-banho, fiquei pra lá de chocada com o que vi. Senhores da SportZone, será que não percebem que nós ficamos assim pra lá de trambolhinhos com os vossos espelhos E AQUELAS LUZES? É que já estou como um amigo depois de lhe perguntar como tinha andado com fulana ou sicrana, "A., depois das 22h e à luz da televisão são todas boas". Opá, é nessa luz que me tenho andado a ver. snifsnif. E agora, fiquei chocada. TENHO QUE DERRETER A FAZER GINÁSTICA! Ou então que me saia o Euromilhões para fazer uma recauchutagem!!!

Vou tirar fotos do antes e daqui a 6 meses ponho aqui o antes e o depois, ou então ponho aqui o que estou agora e o que continuo a estar aos 30... Mulher sofre!

4. Amuleto
















Estava no início do ano de 2008, estava na Póvoa de Varzim a trabalhar, e uma senhora, do nada deu-me este trevo, disse-me para andar sempre com ele, que me iria dar muita sorte.A verdade é que a minha vida começou a mudar para melhor.

Desde então nunca mais o larguei. Pode ser por isso que me dizem que tenho o cú virado para a lua, ou talvez não, mas o que é certo é que não me consigo separar dele. Em tempos achei que o tinha perdido, e senti-me igualmente perdida, quando o achei, plastifiquei, e fiz uma composição de fotos com o meu Trevo, e coloquei na minha carteira. Para andar sempre comigo, a não ser que a mala seja roubada, nunca mais me separo dele.

sábado, 3 de março de 2012

3. Local













É sempre bom voltar aqui. Foi este largo que me viu crescer, foi neste largo que nos juntamos em grupos de 20 para brincar, era aqui que jogávamos as corridas, para ver quem chegava primeiro. Foi neste largo que tentávamos apontar o maior número de matrículas para ver quem ganhava, nas horas da missa, que jogavamos ao esconde no cemitério. Foi aqui que fui baptizada, que fiz a 1ª comunhão e que fiz a comunhão solene. Foi este largo que acompanhou a evolução do meu 1º namorado e do meu casamento. Mas também foi aqui, que o padre se negou a baptizar o meu sobrinho. Também foi aqui que A vi pela última vez, e a falta que Ela me faz... Foi aqui que crescemos, foi aqui que fomos feliz. Morávamos todos do lado direito da igreja, e hoje é do lado esquerdo que Ela mora.

Por isso é este o meu Local, o Local que me acolhe, quase 30 anos depois, com um ar renovado.

sexta-feira, 2 de março de 2012

Porque ADORO velhinhos...

Gostei e roubei DAQUI da Opiniões em Teia

"Trabalho diariamente com idosos e, para além de ser um trabalho que exije muito esforço, dedicação e paciência é, por outro lado, um trabalho que pode ser angustiante! Afinal de contas, como um deles dizia: "Aqui é o último degrau ...Daqui já só para o caixão". É muito triste, e quem diz que a velhice não assusta não conhece de todo esta realidade: a realidade de perder capacidades diariamente; a realidade de falta de suporte familiar; a realidade do sentimento de perda (pela morte dos companheiros de longa data); a realidade por apresentarem baixos rendimentos.
As doenças que os assombram são assustadoras, e para nós, técnicos que os acompanham, é triste presentear tudo isto e vê-los decair dia após dia. E faz-nos pensar muito...é mesmo desanimador chegar a velho, ter dificuldade nas actividades quotidianas, ter necessidade de ajuda parcial, perder o/a companheiro/a com quem partilhou alegrias e tristezas, sonhos e desilusões, perder os amigos de longa data com os quais se distraía nas tardes solarengas...
Mas a vida é mesmo assim, e tudo tem um principio, um meio e um fim. Por isso temos que aproveitar ao máximo o tempo que cá estamos porque o tempo voa e quando dermos por nós, estamos com rugas e de bengala... Por mais difícil que seja, sim porque dizer que temos que aproveitar a vida é muito bonito mas temos que trabalhar para levar este país para qualquer lado a frente, vamos lá a fazer os possíveis para enfrentar o dia-a-dia que um sorriso já que, na realidade, há pessoas em situações bem piores que nós!"
 
... e gostava daqui a uns meses poder dizer que é com eles que trabalho. Gosto muito mais de idosos do que crianças, e a minha paciência para eles é infinita!

2. Mãe/Pai














Ela é o meu orgulho! Ela é a melhor Mãe do mundo! Ela é uma força da natureza!

Amo-a :)

Pai, o melhor Pai? O do meu filho. Amo-vos N. e S.

quinta-feira, 1 de março de 2012

1. Livro
















O próximo livro a ser comprado para o meu principezinho de 16 meses :)

Eu vou aderir ao desafio...

da Anita

Março:

 1. Livro
 2. Mãe/Pai
 3. Local
 4. Amuleto
 5. Foto
 6. Sabor
 7. Estação do ano
 8. Amor
 9. Mania/Superstição
10. Parte do dia ( manhã, tarde, noite)
11. Sobremesa
12. Cidade
13. Cheiro/Perfume
14. Calçado
15. Local de férias
16. Filme
17. Frase/Poema
18. Feriado
19. Série
20. Objecto
21. Maquilhagem
22. Lingerie
23. Solidão
24. Data
25. Medo
26. Comida
27. Sonho
28. Pessoa
29. Look
30. Sedução
31. Saudade

História da minha infância











O meu pai andou no 1ºano de engenharia, (mas desistiu porque queria dinheiro para fumar), é a pessoa mais inteligente e com mais cultura gral que conheço. Com ele podemos falar de jazz, futebol, novelas, economia, comida, em Inglês, Françês, Espanhol, etc. Ele tem opinião sobre tudo, conhece tudo e todos. Tinha um bom emprego, isto à 30 anos já tinha carro da empresa. Houve uma altura que se começou a perder.

Quando nasceu a minha irmã na maternidade Julio Dinis, a minha Mãe veio embora de táxi, porque o meu pai foi para as p*t*s comemorar. Enfim...

Não sei quando começou, mas sei que a cada dia que passava o odiava mais e mais... e foram muitos meses.Ele chegava bêbado, porque era a única maneira de conseguir dizer o que queria, e de fazer o que lhe apetecia.

A casa da minha Mãe no 1º andar tem uma varanda em volta de toda a parte da frente da casa, e no inicio da varanda e no outro extremo tem portas, tanto uma porta como a outra eram salas. A primeira sala era onde o meu pai dormia, e a sala do fundo, que é hoje o quarto da minha irmã, era onde a minha mãe dormia. Porque sua excelência não permitia que a minha Mãe dormisse no quarto.

Ele chegava bêbado por volta das 2 da manhã, já estávamos a dormir, e o meu pai andava à volta da casa e na varanda, a insultar tudo e todos e acordava-nos, tirava-nos da cama, obrigava-nos a ir dormir para a cama deles, porque só nós tínhamos direito a dormir naquela cama, que eu entre choro e gritos dizia que não queria, que só queria dormir na minha cama, mas mesmo assim era obrigada a deitar-me lá. A conversa essa, era sempre a mesma... Que um dia ia ter um ferrari e que ia ser muito rico e que ia mandar toda a gente pro car*lh*. E que éramos todas umas p*t*s e umas vacas e uma complicadas. E o padre era um filho da p*t*a, e os vizinhos e o cão e o gato e o raio que o parta... Foram manhãs sem ir ao colégio, porque passávamos a noite acordadas. Foram muitos dias de terror.

Tenho na memória, noites de terror. Mas em todas elas eu me punha a frente da minha Mãe para ele não fazer nada a ela. A minha irmã tinha uma maneira diferente de sofrer, fechava a porta do quarto e não queria saber. Acredito que sofresse mais do que eu, mas temos maneiras diferentes de reagir.

Um dos episódios:
Eu decidi dormir na sala com a minha Mãe, ela no sofá eu no colchão no chão. Eram quase 2 da manhã, e ouvi a minha Mãe murmurar um "aí vem o pesadelo outra vez" conseguíamos ouvir os passos dele na rua, molhada pela chuva. Ele entrou, acendeu todas as luzes da casa, e começou a insultar-nos. Nós fingimos que dormíamos. Nesse dia ele agarrou o pescoço da minha Mãe, ela deu-lhe um murro na cara, era sangue por todo o lado, mas foi a única maneira de ele parar um mês. Tivemos um mês de sossego! Ele ficou com o olho todo preto, por dentro, na parte branca, estava com ele todo vermelho. Metia medo olhar para o olho, mas ao mesmo tempo sossegava-me. Ele passava os dias deitado na sua sala a fumar.

Outro episódio:
A minha irmã foi com um casal amigo da minha Mãe ver o FCP, e eu fiquei com a minha Mãe em casa de uma amiga. Eram prai 22h e ligaram para o café a pedir para chamar a minha Mãe. Fomos a correr para casa, e quando lá chegamos a minha Mãe tinha os mais de 100 vasos na rua, todos partidos e ele no parapeito da janela a fumar um cigarro, e as palavras dele "achavas que não consegui entrar em casa?". Tinha chegado tão bêbado que não conseguia abrir a porta, então arrombou. Achava que a minha Mãe tinha mudado a fechadura... A minha Mãe entrou, eu chorava e berrava para não entrar ali, ele dizia que a matava. Os vizinhos estavam na rua, mas não houve nenhum homem que lhe fizesse frente,  isso dava-lhe força. Ligamos para a polícia, a polícia disse que quando ele lhe estivesse a matar para lhe ligar novamente, e só assim poderiam actuar. A minha Mãe levou-me a casa de uma tia, para ficar lá a dormir, a minha irmã ficou a dormir em casa do outro casal que a levou. Eu pedia-lhe que ficasse comigo, mas sem sucesso Eu não dormi, fiquei em pânico por causa da minha Mãe. Nessa noite ela dormiu na cama deles com uma faca debaixo da almofada.

E mais outro:
Era sábado, faltavam cerca de 10 minutos para começar a missa das 20h (nós moramos mesmo ao lado da igreja), ele chegou perdido de bébado e à marretada partiu a televisão que a minha Mãe tinha na confecção. A minha Mãe só lhe dizia "M. está na hora da missa, toda a gente está a ouvir, pára!" Mas quanto mais a minha Mãe pedia, mais ele partia, subiu as escadas, e tinha lá uma calçadeira lacada a branco com uma pedra mármore, ele partiu a calçadeira toda com o nosso calçado todo lá dentro, entre outras pequenas coisas. Nós choravamos e gritávamos, mas ele não estava nem ai...

E apenas mais outro, que foi o último deste pesadelo, era Setembro, o meu Tio da casa ao lado ficava no mês de Setembro a dormir em casa do padre, porque se encontrava de férias. Entre gritos e eu a pedirmos ajuda, o meu Tio que estava a passar, arrombou a porta, o meu pai estava agarrado a minha mãe nas escadas. O meu tio agarrou-lhe pelos colarinhos e disse: "Desgraçado, se continuas a infernizar a minha irmã e as minhas sobrinhas eu ponho-te do outro lado" (do outro lado da igreja fica o cemitério) E ele fez as malas e foi embora para Londres.

Foram meses e meses de inferno sem ninguém fazer nada.

A conversar com a minha Mãe depois de ter tido a discussão com o meu pai, a minha Mãe disse: "Sabes filha, sempre vos disse que bom ou ruim é vosso pai, sempre vos obriguei a falar com ele ao telefone todas as semanas quando vocês eram pequenas, mesmo depois de tudo o que ele nos fez, mas agora chega!" E eu só lhe respondi: "Infelizmente Mãezinha, nunca nos devias ter obrigado a falar com ele, ele nunca foi bom pai, sempre pensou nele, e mesmo agora, ele ainda tem a lata de me dizer, os trocos que me dás, não fazes mais do que a tua obrigação. As raízes deviam ter sido logo separadas no dia que ele saiu por aquela porta."

E é tão triste dizer isto do meu... daquele senhor que se intitula meu pai, porque é assim que diz a lei, ele fez, logo é meu pai. Todos os anos íamos 3 semanas passar férias com ele a Londres, eu chorava porque não queria ir, e chorava todos os dias que lá estava. Ligava para a minha Mãe para me ir buscar. Talvez por isso tenha ficado a odiar tanto Londres. Talvez por isso eu gostava de voltar para ver se mudava de ideias. Ele sempre nos tratou bem, sempre passeamos bastante naquelas 3 semanas. Mas eu não queria estar ali, não naquele contexto. A ele devo conhecer Londres e ao mesmo tempo a odiar tanto um país. A ele devo a viagem ao Rio de Janeiro e a ele devo ter ficado a amar tanto uma cidade maravilhosa. Mas é a ele que também devo toda a minha raiva, todo o meu sofrimento interior, todos os inícios de depressões. E foi também por causa dele que estava a deixar-me ir abaixo, e que estava sem paciência para o meu filho. Porque ao fim de mais de 20 anos dói, dói tanto como se tivesse sido ontem.

Por isso o dia do ponto final está a chegar. Eu não quero uma pessoa que já me fez tanto mal na minha vida. Eu não quero uma pessoa que me transforme naquilo que já fui, revoltada com o mundo e com todos, que me atirou ontem para uma cama, porque já não tenho capacidade para ouvir aquilo que ouvi ao telefone, e que as pessoas que mais amo paguem pelas merdas que ele me disse. Eu não gosto daquele homem que se diz meu pai! Por causa dele estive 2 meses sem falar com a pessoa que me deu vida, que nos apoiou, que nos castigou, que nos educou, que fez com que hoje não fossemos umas delinquentes revoltadas. A ela eu devo tudo o que sou. Se podia ser uma pessoa melhor, eu sei que podia, mas sou o melhor que consigo depois de tantos anos de tortura!

Era o S. bebé, e a minha Mãe disse-me para dormir no quarto dela, porque ela tinha comprado uma mobília para o meu quarto mas não tinha chegado. Eu insisti que não queria ficar lá. Ela insistiu,! O N. instalou-se logo. Eu sentei-me a chorar na cadeira do quarto enquanto dizia que não consegui ficar lá. Fui para o meu quarto e fiz a cama no colchão no chão. A minha Mãe não compreendeu naquele dia, mas no dia seguinte eu expliquei-lhe o porquê. Acho que foi ai que ela percebeu o quanto eu odeio aquele lindo e maravilhoso quarto.

Eu devia ter-lhe feito o que ele fez ao pai dele. Nunca mais quis saber do pai. Eu não conheci o meu avô Afonso pessoalmente. O meu avô que tinha os olhos mais azuis que alguma vez vi.

Aqui está o motivo por eu não beber álcool e por odiar álcool, e o porquê de naquela passagem do ano, o N. me ter estragado os primeiros minutos do ano. Porque ele estava alcoolicamente bem-disposto.

A nova aquisição, e o meu melhor amigo de momento.














Sem Srª faxineira cá em casa, agora sou eu que me agarro ao aspirador. E como o aspirador cá de casa é de água e pesado comóraio, no fds lá fomos comprar um aspirador, porque isto de andar para cima e para baixo com o aspirador, tem muito que se lhe diga. E claro que ao comprar, compramos um com mais potência, para ficar tudo limpinho. Estou satisfeita!

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Acabada de me levantar...









 E sem paciência para nada.

Como de costume preparei o S. para o levar a escola, gritei com ele, pelo meio ainda lhe dei uma palmada no rabo, :( , ele não fez nada de tão mal para berrar com ele. Esta situação do meu pai, é como se tivesse levado um muro no meio da testa e fosse empurrada para a sarjeta, é mesmo assim que me sinto! O N. acabou por levar o S. a escola, eu voltei para a cama, e lá fiquei até agora, e parece-me que dentro de minuros é para lá que vou voltar...

E é isto! Espero que seja apenas só mais um dia desde modo cabisbaixo...

Não fui para a cama! Levantei os braços, fui tomar um banho e fui ao centro de emprego buscar uma declaração. Fui ao banco levar moedas de 5, 2 e 1 cêntimos para depositar na conta do S.. Cheguei a casa e ainda tirei a roupa da máquina de secar e passei a ferro, fomos os dois buscar o nosso pimpolho (claro que lhe pedi desculpa pelo raspanete e palmada que lhe dei de manhã). Fomos a casa dos avós. Ele ficou lá, nós fomos ao Continente, e fomos jantar uma francesinha (mais uma esta semana) .

Assim se passou o dia. Entretanto pensei imenso sobre o meu pai, e vou fazer um post. Talvez seja mais um testamento, mas pode ser que me alivie a alma. Toda esta situação reavivou memórias que tinha guardadas, feridas quase saradas pelo modo amnésia que decidi ter, para conseguir seguir em frente.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Atchim, Atchim...











É assim que estou! Do nada, antes de ontem comecei com o pingo a escorrer pelo nariz, hoje não paro de espirrar.

Se não apanhei frio, se não estive na rua, aliás, no Domingo foi dia de pijama cá em casa, como é possível ficar doente?!?! É certo que tenho que levantar as mãos para o céu, porque é a primeira vez que estou meio adoentada, desde que começou o Inverno. Por isso só tenho que ver o lado bom da vida!

Eu nunca percebi bem para que serve.

Mas muitas vezes penso que enviei o comentário, e no fim... Quando lá vou, não está nada...
Tirem a verificação de palavras do vosso blog.

 
Para tirar é simples.
Clique em:  Definições-->Comentários-->Mostrar verificação de palavras para comentários?--> NÃO!!

(A imagem a cima está em brasileiro, mas eu coloquei no passo-a-passo o que diz no português)
Depois de ler num blog, resolvi copiar para o meu, para ajudar quem tem alguma dificuldade. É que é uma verdadeira seca!!!

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Ter que aturar um pai, como se fosse um filho... e bebado...

Deus me livre...Já estou como a minha irmã.  ...Não temos essa sorte, infelizmente.

Espero que o meu filho tenha sempre orgulho dos pais que tem, e confesso que vou fazer um esforço redobrado, para não o ter que fazer passar pelo que nós passamos.

Ao fim de um ano a desembolsar para ele, cheguei a fase de o mandar para o Caralho! A minha paciência esgotou-se, e na sexta, no Norte, vai ser a conversa final.

1 ano já é muito tempo. 1 ano que se vai arrastar por anos, 1 ano, que poderia ter posto de lado para o meu filho, e dei ao meu pai. Assim a consciência está tranquila.

É de uma falta de respeito, eu e a minha irmã, e agora mais a minha irmã, estarmos a manter o calão, e ainda ter que o ouvir bêbado do outro lado da linha.

CHEGA!

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Só mesmo eu!

Estou à espera de uma consulta no centro de saúde à 2 meses. Vou agora ver a data da consulta e era no dia 21... Ai esta cabeça...

Vichy na rotina...













A semana que passou fui comprar uns novos cremes para a cara. Vichy Normaderm foi a minha eleita, dentro de uma gama económica. Depois de começar a usar estes cremes (confesso que não achei grande coisa) e de me portar mais ou menos bem, admito que ainda se vai escapando um ou outro dia, decidi investir num esfoliante, num tónico e num creme hidratante.  O creme hidratante deixa uma pele aveludada e é absorvido rapidamente. Odeio cremes que ficam colentos na cara! O meu favorito é o esfoliante, deixa a cara tão macia... Confesso que ainda a usar à poucos dias estes novos produtos, já noto alguns resultados. Portanto estou satisfeita com a Vichy.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Compras das boas, By Mango


















Com a ida para o frio, precisava de um casaco bem quentinho, este, em preto, foi o escolhido! É lindo e adoro!

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

A F. já era.














A senhora que me "limpou" a casa durante 2 anos, já era!

Na sexta-feira passei-me, e entre gritos disse-lhe que não precisava de vir na próxima semana, mas que esta ainda tinha que vir!

Iria estar fora este fds, e a minha sogra instalava-se nos nossos aposentos para dar uma ajuda ao filho, e o quarto de hospedes e da tábua de passar a ferro, precisava estar impecavelmente limpo, incluindo as paredes, que apresentavam uma ligeira humidade. Na quinta mandei-lhe uma mensagem a dizer exactamente isso. Ela não me respondeu. Pensei que estava mais do certo a sua vinda, erradamente. Sexta de manhã já passava das 9h liguei-lhe, perguntei-lhe a que horas vinha, e qual não é o meu espanto quando me responde um redondo NÃO VOU! Eu claro, de malas no carro e quase de partida para o Porto, com a casa virada do avesso, passei-me, disse-lhe uma catrefada de coisas, e que se me tivesse avisado que não vinha, que eu mesmo tinha limpo a casa. Mas não. A senhora está constipada, e decidiu que não vinha, porque não estava para se matar a limpar paredes de um quarto. Enfim, nos próximos tempo, vou ser eu que vou vestir a pele de faxineira.

Só vos digo uma coisa, CUIDADO quando contratam uma empregada, é que pelas histórias que me foi contando, e de me confessar que anda com o marido de uma patroa, há mais de 1 ANO, e de querer que ele deixe a mulher, a senhora (a cornuda) ainda a convidou a trabalhar no restaurante com eles, porque a F. está a passar uma fase complicada, e precisava de um trabalho fixo. Por isso, ainda foi meter a cobra a trabalhar com a família, que a F. teima em destruir! E não, não é só com esse homem casado que ela anda, anda com mais, e se forem casados melhor!