segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Honestamente...

...não estava preparada para ser Mãe. Não é de animo leve que o digo, mas é a verdade! Eu dou de mamar quase de hora e meia em hora e meia, o que faz com que não consiga fazer quase nada. A dependência de uma pessoa de dias da minha pessoa assusta-me... Ele até é sossegadinho e tal, mas só adormece depois de muito o abanar no COLO, assim que o deito abre logo a pestana, e se ao ínicio tinha as noites mais sossegadas, agora assim que o deito chora até colocar a mama na boca. E não é do leite, que em 2 dias engordou 100g...

Dou por mim a pensar a meio da noite que as pessoas são todas loucas por terem 2,3,4 ou 5 filhos... Como é que é possível?!?!?! Ou serei Eu? Acredito mais que serei mesmo Eu! Se desde que o Salvador nasceu nunca mais tinha deitado uma lágrima, vejo-me agora a chorar baba e ranho por não saber o que fazer... Depois olho para Ele e sinto-me a pior pessoa do mundo por pensar isto... Enfim desabafos!

9 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

O Salvador faz-me lembrar a Sofia. Ela também era assim, eu estava sozinha em casa porque o rui estava em Lisboa (durante 7 meses da vida da filha) em trabalho. Eu chorava todas as noites sem saber o que fazer, ou se estava a fazer algo errado para ela não dormir e estar sempre a querer peito e colo para dormir.Ainda hoje não sei o que é dormir uma noite inteira, e ela vai fazer 3 anos este mês.
Mas sabes? Vale bem a pena, as duvidas, incertezas, lágrimas todas temos, e é bom que seja assim.É sinal que nos preocupamos com eles.
Beijinhos e aproveita os intervalos de descanso para descansares também o resto pode ir esperando.

disse...

Não desanimes, nem todos os bebés são iguais. Ele ainda é um recém-nascido e vocês ainda se estão a conhecer um ao outro.
Pode ser que o Salvador não esteja a pegar bem no peito e por isso não fique satisfeito. ou que tenha cólicas... Fala com o pediatra vais ver que logo logo tudo vai começar a correr melhor.
Beijinhos e mto mimo!

Rita disse...

Devias procurar ajuda perante um profissional de saúde. Eu comecei a ficar assim quando o meu filho nasceu e ignorei pensado ser apenas uma fase, deu numa depressão pós-parto.
Andei a ser acompanhada e hoje estou óptima.
Cada sorriso, cada lágrima, cada gesto, cada guinchinho que eles façam faz tudo valer a pena.
FORÇA, MUITA FORÇA.
Um beijinho

na america profunda disse...

A. tem calma, o primeiro mes deve ser o mes complicado, porque estas fisicamente em baixo, porque estas privada do sono, porque tudo e´novidade... é uma questao de tempo, pede ajuda ao N. para descansares um pouco
beijinhos e nao fiques triste tens o maior riqueza do mundo um filho e desde o dia que ele nasceu nunca mais vais estar sozinha no mundo
bjinhos

MissBlueEyes disse...

Minhas queridas MUITO OBRIGADA pelas vossas palavras!

Eu não me imagino sem Ele agora, mas não está a ser fácil. Hoje já foi mais fácil, e acredito que amanhã ainda vai ser melhor! VAi de certeza!

Obrigada e um beijo nosso :)

Madrinha Ele ajuda mais do que pode, mas ainda não tem leite para me ajudar mais, Ele no meio do meu desespero diz sempre, se Eu tivesse leite... ENfim... MAs hoje estou melhor! MAis calma e mais confiante!

quica disse...

Olá, acompanhei mais ou menos a gravidez mas agora tinha de deixar uma palavra.

Quando o meu filho nasceu senti o mesmo, tal e qual. Lembro-me de pensar que devia ser a única, pois sempre que lia alguma coisa era só a dizer bem, que dava noites sossegadas e bla bla bla. E em mim misturavam-se sentimentos: de um amor incompreensivel, de já não saber viver sem ele, e quase um ódio terrivel, um vazio, uma tristeza. E nem podia dizer nada a ninguém pois era achincalhada em praça pública. Os primeiros meses foram muito dificeis. Sentia que adorava uma pessoa que não conhecia, e até fazer esses reconhecimento ainda demorou. Claro que o cansaço é insuportável e só quem passa por elas é que sabe o tipo de cansaço que se sente, é quase tortura. O facto não está em não se dormir, mas sim ser-se acordada dezenas de vezes. A certa altura preferia não dormir de todo, porque quando adormecia meia hora e era acordada pelo meu filho, era uma sensação mesmo de tortura. E não me venham com merdas, mas a mãe tem de estar bem. Fazer tudo pelo filho é também cuidar-se. Por isso, sente tudo, menos que estás a falhar. O que sentes é mais normal do que imaginamos porque poucos o verbalizam.

O meu filho tem agora 22 meses e a palvra amor não chega aos calcanhares do que sinto por ele, é arrebatador, é de me encher a alma toda.

Os primeiros meses custam. Pede ajuda aos teus pais ou sogros para ficarem um bocadinho com ele para tu dormires. E não te sintas mal por isso. Pensa que ao estares a cuidar de ti lhe estás a dar o melhor.

Beijocas e felicidades

MissBlueEyes disse...

Obrigada uma vez mais! Obrigada pelo seu testemunho quica, por vezes sinto-me um alien...é o que é...

Obrigada! As vossas palavras dão-me força!

Um beijo no vosso coração :)

Lina disse...

Ola. Entao que se passa nessa cabecinha??? O que estas a precisar é de sair um pouco e aliviar essa pressão toda. dar de mamar é cansativo principalmente quando tem que ser muitas vezes, como eu costumava dizer tinha que andar sempre com a mama de fora!! Olha, as bombas existem para isso. Tira o leite e congela. Os suplementos tb existem. De vez em quando para dar descanso sabem bem tanto para a mae como para o filho...
Relaxa um pouco!
Ser mãe não é fácil mas é sem duvida a melhor coisa do mundo.
Chora se assim quiseres vai te fazer bem.
Beijinhos.

meninaluaprimavera disse...

como eu te compreendo!
será do nome deles?!?lol
beijinho e pensa positivo