domingo, 27 de fevereiro de 2011

Igual ao que sempre fui.

Na terça-feira alguém me perguntou se tinha uma foto com menos 10 anos. Eu não tinha, mas disse que era exactamente igual ao que sou hoje. Depois tinha a minha amiga J. cá em casa e Ela estava a dizer que Eu estava diferente, que à 3 anos Eu estava muito diferente, e Eu disse-lhe que era por causa do cabelo. Ela dizia que não. Eu vou buscar fotos com o mesmo corte que tenho agora e Ela disse: "Como ficas diferente de cara consoante o corte, mas realmente estás igualzinha!" E é bem verdade. Eu fico tão diferente com o cabelo comprido. Fico tão mais gira, tão mais sensual, tão mais foderosa que me apeteceu correr para um cabeleireiro e colocar extensões. Mas não passou de um momento de saudade. Não me sinto foderosa à algum tempo. Mas a vida é mesmo assim. Com fases melhores e com fases piores. POrque sou apologista da mudança mesmo que fique mais feiiinha. Agora esperamos que Ele cresca a velocidade da luz. Mezinhas caseiras ou algum conselho para que Ele cresça?

4 comentários:

Mami ( Sónia ) disse...

Quando descobrires partilha! Também queria que o meu crescesse mas anda à um ano a empatar :(

Lau-Lise disse...

eu tambem estou mortinha para que cresca de novo... :)

Salvador disse...

Foderosa... essa foi muito boa, comadre ))

Kitty disse...

andar cm ele amarrado