segunda-feira, 9 de agosto de 2010

E foi este fds que o inevitável aconteceu...

... e Eu fiquei muito triste! Triste porque queria que o meu sobrinho crescesse com o Pai e a Mãe juntos.  Foram 5 anos, de pouco Amor, (por uma atitude muito grave, a meu ver, por parte do meu cunhado durante a gravidez da minha irmã), muito pouco, de quase nenhum entendimento, e de nenhuma cedência de ambas as partes!

E Eu fico triste porque Tu não tentas-te!!! FODA-SE... até te podias arrepender e voltar para casa da Mãezinha 15 dias depois, mas pura e simplesmente assumiste que não valia a pena. EU não sou assim! E custa-me ver as pessoas a não tentar! E custa-me muito mais quando se trata da minha irmã, EU tento, por mais que não valha a pena! Fico sempre com a conciência tranquila de que tudo foi feito!

Sei que estás a sofrer, sei que Ele está a sofrer muito mais do que Tu, sei o quanto vai custar ao Santiago, e sei o quanto sofri ao ouvir-te chorar do outro lado do telefone e nada podia fazer... se não apenas ouvir-te. Pouco ou nada te consegui dizer, para não chorar e aquele nó teimou em permanecer!

O melhor, é aquilo que te desejo!

E depois Eu olho para a pessoa que tenho ao lado, e agradeço a Deus pelo facto de Tu seres o meu marido, amigo, companheiro, confidente e o PAI do nosso filho! Garantidamente não podia ter "escolhido" melhor!!!

8 comentários:

Nicas disse...

Há situações que mais cedo ou mais tarde vão terminar.
Mas acho que, como tu dizes, deveria tentar. Tentar não custa e sempre ficamos com a certeza absoluta.
É muito pior, daqui a um tempo, ela pensar, e se...
Dá Graças a Deus pelo marido que tens! Não há melhor na vida do que encontrarmos a nossa cara metade e, para completar a felicidade, um bebe! Bjinhos

Mami disse...

Já não comento aqui a imenso tempo apesar de te vir ler todos os dias.
Fiquei com o coração apertado ao ler as tuas palavras, porque sei o que é amor de irmãos e porque tenho uma filha não consigo ficar indiferente ao que a tua irmã está a passar.
Só lhe posso desejar o melhor para esta nova etapa da vida dela e que as coisas corram melhor, e que tenha muita força e coragem por ela e pelo filho. Um abraço enorme para ela e para o teu sobrinho.
Quanto a ti fico feliz por estar tudo a correr bem :)espero que continue assim
Beijinhos

Mr. Me disse...

Não vejas isso como uma coisa má. Se acabou, acabou. Se nunca existiu, melhor, não andamos enganados.
Se há qualquer coisa, não te preocupes, eles ainda se vão gramar muito e se a chama, a existir, não morreu, então eles voltam.

Se não tiverem que voltar, não penses que o Santiago será menos feliz por isso. Pode não ser feliz como os livros de contos de fadas escrevem, mas é feliz à maneira dos dias de hoje.

Hoje, minha querida, já é raro o miúdo que tenha os pais juntos. E deixa lá que eles são felizes.

Beijoca!

100 segredos disse...

Eu penso o contrário. Tentar não serve de nada. Quando as coisas não estão bem, quando já há feridas a mais, cicatrizes a mais... é melhor cortar o mal pela raiz.

Sei-o não por experiência própria mas sim pelo que vivi e vi através da relação dos meus pais. Como filha digo-te que é bem melhor assim, e só eu sei o quanto me custa não ter o meu pai lá em casa....

Joanadecastro disse...

Ora, a ultima parte do teu post foi assim muito boa de ler... Sabe bem olharmos para o lado e vermos alguem que simplesmente é td de bom, que é nada mais nada menos aquilo que nos queriamos mesmo!!!!

Bjinho MamaSita....

Tita disse...

Olá,

E depois de te ler os meus olhos encheram-se de lágrimas a recordar situações passadas e é sempre nos pequeninos que mais pensamos e quem sofre tanto com tudo.
Tentar? só a tua irmã saberia se era o melhor caminho, tentar poderia ser o arrastar de uma situação que ela neste momento não queria, mas sei que um dia ela vai perguntar-se milhares de vezes porque não o fez....
A única coisa que sei é que estarás aí a AJUDÁ-LA, tu e as pessoas que lhe são queridas.

Força....
Bjos para ti e para o pequenino Salvador

Katchup disse...

Olá!!

Desde já, e neste meu primeiro comentário, dou-te os Parabéns pelo teu bebé! Desejos de muitas felicidades!!!

Quanto ao assunto do post, por mais que custe, às vezes é mesmo melhor assim! Há sempre menos gente a sofrer!

Muita força para o sobrinho e para a mana!

srtamini disse...

Se as coisas não andavam bem foi melhor assim. É preferível ter pais separados do que ter pais juntos mas que passam a vida a discutir e são infelizes. Isso sim seria terrível para o Santiago.

A vida é demasiado curta para estarmos com alguém que não nos faz feliz