quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Afinal quantos homens devemos ter???


Acabei de ler num blog, um comentário que me deixou chocada, sendo a pessoa em questão, emigrante, onde as mentes são mais abertas... Ou não! Ou será que fui Eu que percebi mal...

"...miúda que nos últimos 5 anos já lhe conheci 4 homens da vida..."

Desculpem lá, mas conhecer 4 homens em 5 anos, é assim uma coisa do outro mundo, ou sou só Eu que tenho a mente um bocadinho mais aberta e acho que as pessoas devem dar as "cambalhotas" que quiserem, com peso e medida!

Será que depois de um relacionamento mais sério, de onde saimos realmente magoadas, temos que arranjar o próximo para casar, sem conhecer mais ninguém, ou devemos dar algumas cambalhotas para nos divertirmos, e depois de algum tempo, se aparecer o the one ficarmos realmente por aqui?!?!

Ainda vos digo mais, depois de um divórcio, dei as minhas cambalhotas que em muito me ensinaram, e não é por isso que me sinto uma leviana, ou outro qualquer nome que me queiram chamar, (vá anónimos ressabiados podem vir em força, descarregar a vossa frustração!). Ao fim de um ano, conheci o meu THE ONE e fiquei por aqui, tendo Ele conhecimento das minhas cambalhotas, que em nada lhe fizeram confusão, porque a pessoa que sou hoje, também devo às cambalhotas que dei!


Será que só porque não se encontra o the One, devemos virar freiras???

Por favor, por vezes as que se fazem de santas são as piores!!!

1 comentário:

na america profunda disse...

GOstei da parte venham anonimos resabiados hahahha e´assim mesmo que se fala à mulher do norte carago